Colunistas 
HomeColunistasReflexão • É pecado adorar a um "Jesus" que não seja o Jesus dos Evangelhos!

Reflexão

É pecado adorar a um "Jesus" que não seja o Jesus dos Evangelhos!

Imprimir artigo Enviar este artigo para um amigo. 
EU POSSO IDOLATRAR JESUS? — alguém perguntou. A Jesus não se idolatra quando se O chama Deus, pois, Ele mesmo disse “vós me chamais Senhor e Mestre, e fazeis bem, pois Eu Sou”. E mais: “Eu e o Pai somos Um”. E ainda: “Quem me vê a mim, vê o Pai”. Ele aceitou adoração e foi adorado mesmo antes de ressuscitar dos mortos.

Ora, o NT diz que “Ele é a imagem do Deus invisível” e “a imagem exata do Ser de Deus”. Além disso, Ele foi também executado por se declarar Filho de Deus e Filho do Homem, ambas as expressões vinculadas a Deus quando se enviasse ao mundo. Ora, conforme entenderam as autoridades judaicas, Ele se fazia assim igual a Deus.

Portanto, ao Jesus que se revelou aos apóstolos, conforme nos evangelhos, não comete idolatria, posto que Ele seja Deus conosco.
Comete-se idolatria em Jesus e por adorá-Lo quando não se o vê como acima descrito. Sim, o Jesus “profeta”, o Jesus “Mestre”, o Jesus “Guia”, o Jesus “Espírito de Luz”, o Jesus “Bom”, etc... — conforme Ele mesmo disse, não deve ser adorado.

Foi um jovem rico quem a Ele veio [...] vendo-o como “profeta” e que, ao referir-se a Ele como “Bom Mestre”, Dele ouviu o seguinte: “Por que me chamas de bom? Bom há um só, que é Deus”.

Com isto Jesus dizia: “Se eu não sou Deus para você, não cometa a idolatria de me tratar como Deus, se para você eu não nada além de um mestre e profeta do bem”.

Portanto, comete-se idolatria contra Deus quando se adora ao Jesus que não é Deus, mas apenas uma emanação, um profeta, um mestre, um guia espiritual...

Eu, porém, sei que Jesus é Deus; e sei que Deus estava em Cristo; e sei que Ele é Deus conosco; e sei que Ele e o Pai são Um!

Mas se para mim Ele fosse um ele do bem, e assim mesmo eu o adorasse, estaria, em mim, na minha consciência, pecando contra Deus, posto que estaria dando a um homem a adoração que somente se dá a Deus!

Quem não crê que Jesus é Deus, mas o adora por qualquer razão; seja habito, seja costume, seja irreflexão; seja porque razão for... — comete idolatria contra Deus.

Também comete-se idolatria quando se “usa” o nome “Jesus” como força e poder, mas sem que se O discirna como Aquele que é o Emanuel; ou seja: Deus conosco!

Não existe discipulado de Jesus se para o discípulo Jesus não é Deus!

Qualquer leitura básica dos evangelhos e do NT como um todo, tem qualquer outra idéia diferente!

Quanto a mim... esse Jesuses de qualquer outra conotação jamais seria por mim adorado.

É pecado adorar a um “Jesus” que não seja o Jesus dos evangelhos!

Escrevo isto em 10 minutos apenas porque vi a angustia do moço que me perguntou.

Nele, que é meu Deus e Senhor Absoluto,

Caio



Reflexão: Pastor Caio Fábio D'Araújo Filho é psicanalista clínico, escritor, pregador, pastor e dirigente da comunidade Caminho da Graça, em Brasília. Visite o site do pastor Caio Fábio: www.caiofabio.net

OBS: Para comentários nos artigos dos colunistas é necessário cadastrar-se no endereço: http://www.folhagospel.com/register.php.
Este artigo foi lido 1516 vezes.
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.