Colunistas 
HomeColunistasPalavras de Bênção • Como José...

Palavras de Bênção

Como José...

Imprimir artigo Enviar este artigo para um amigo. 
E teve José outro sonho, e o contou a seus irmãos, e disse: Eis que tive ainda outro sonho; e eis que o sol, e a lua, e onze estrelas se inclinavam a mim. E contando-o a seu pai e a seus irmãos, repreendeu-o seu pai, e disse-lhe: Que sonho é este que tiveste? Porventura viremos, eu e tua mãe, e teus irmãos, a inclinar-nos perante ti em terra? Gênesis 37:9-10

Alguns meses atrás esteve nas paradas de sucesso nas rádios evangélicas e seculares a canção “como Zaqueu”. Realmente um louvor maravilhoso, que autor soube muito bem reproduzir em forma de louvor o acontecido com Zaqueu.

Mas também algo aconteceu com José. Atualmente também está em uma emissora de teve a série sobre a vida de José do Egito. Maravilhosa também a filmagem.

Mas José foi alguém que desde sua juventude foi avisado por Deus, através dos sonhos, que o Eterno tinha um grande plano para sua vida. Ele não sabia o que era e nem havia dimensionado a grandiosidade do Plano do Senhor Deus.

Mas teve a simplicidade e inocência de acreditar em seus irmãos e pai contando-lhes seus sonhos.

Foi um exemplo do que o Senhor Jesus Cristo sofreria futuro a frente por seu próprio povo.

José é odiado e rejeitado por seus irmãos. Lançado na cisterna, vendido aos ismaelitas e depois ao Egito. Desgraça após desgraça.

Na atualidade, muitos “teólogos de plantão” e “ungidos” diriam que tudo aconteceu porque eram consequências de pecados de José. Outros diriam que José era muito arrogante e ganancioso. Outros diriam que José era muito bobinho.

Mas o que nos chama a atenção é que o Senhor Deus mantém seu divino plano e propósito traçado para vida de José. Mesmo apesar dos erros e simplicidade de José o Senhor não altera seu plano.

Deus constrói a nova personalidade e caráter de José nas dificuldades na casa de Potifar e depois na prisão.

Para nós isto é um dado importante, porque quando se prega na teologia atual que dificuldades e adversidades não podem acontecer na vida do cristão.

Deus usa toda desgraça, e foram muitas, para provar Sua presença e poder na vida de José. José não era um supercrente. Era um homem comum como nós, mas que guardava em seu coração todos os sonhos e revelações que o Senhor havia lhe concedido.

Foi vendido aos 17 anos pelos irmãos. Permaneceu mais 2 anos na prisão, quando pensou que podia sair. Aos 30 anos já era o segundo homem mais poderoso do maior país do mundo.

Foram 13 anos para se cumprir os sonhos de Deus. Mas se cumpriram! Recebeu um anel real, veste reais, um novo nome egípcio, uma esposa (que segundo tradição judaica foi a filha da mulher que o fez ir para a prisão) e uma nova posição na sociedade e governo egípcio.

Nosso Deus trabalha a nosso favor, mesmo quando não vemos nada e só enxergamos um céu de bronze. É difícil entender, mas ainda bem que Ele está no controle de nossas vidas, nós os que cremos!

A nós nos cabe confiar, viver na presença de Deus, olhando para o céu quando as coisas ficarem desalentadoras. Ele nos fará vencer porque Ele venceu a morte e o inferno!

SHEVA BRACHOT

MANOEL VALENTIM



Palavras de Bênção: Manoel Vicente Valentim Neto é evangelista. Oficial de Engenharia do Exército Brasileiro, formado pela Academia Militar das Agulhas Negras. É Mestre em Aplicações Militares e Pós-Graduado em Comunicação Social. Com especialização também em Modificabilidade Cognitiva, PEI – Nível I em Jerusalém – Israel. Bacharelando em Teologia e Graduado Nacional em Liderança Avançada pelo Instituto Haggai.

Site: http://www.manoelvalentim.com.br
Blog: http://manoelvalentim.blogspot.com
Este artigo foi lido 1408 vezes.
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.