Colunistas 
HomeColunistasReflexão • Quem é você nesta espera?...

Reflexão

Quem é você nesta espera?...

Imprimir artigo Enviar este artigo para um amigo. 
Faz dois mil anos que gente como eu aguarda a volta de Jesus. Estou no roll onde figuram gente como Maria, Pedro, João, Paulo, Barnabé, Tomé, e bilhões de outros no curso destes dois últimos milênios.

Outros bilhões, mais bilhões ainda..., passaram por aqui [...] por este planetinha [...] sem saberem de nada disso [...]; e, portanto, sem tal esperança explicita, não em relação a Jesus, ainda que, em muitos povos e nações, sempre tenha havido a Figura do Enviado Divino [...] -- sempre aguardada.

Na sequência de Mateus 24 e 25 Jesus nos advertiu quanto à "demora" desse aguardar...e suas possíveis CONSEQUÊNCIAS para a alma de cada um de nós.

Leia Mateus 24 e 25 e veja:

É porque "o Senhor demora" que alguns dos "administradores dos Seus bens" se arvoram a postarem-se como "donos do negócio", e, além disso, ainda usam e abusam dos seus conservos, igualmente "contratados" pelo "Senhor que demora"...

É porque "o Noivo tarda" que as "virgens" dormem [...] todas elas [...] inclusive as "prudentes", as que levaram azeite para uma eventual longa espera pelo "Noivo".

É porque "o Senhor só vem depois de muito tempo" que um dos que haviam recebido "talentos", dons e potenciais para multiplicar durante a "estada" de "espera" [...] decidiu enterrar o que tinha, ao invés de multiplicar, tornando a sua "espera" algo que fosse um "estada" útil.

Não se diz isso... [...] - mas é também porque "o Senhor demora" que muitos passam a somente ver Deus na vida nas expressões das simbolizações religiosas explicitas do sagrado, e, por causa disso, perdem a possibilidade de saber intuitivamente de Deus como encarnado nos pequeninos e em toda necessidade humana. Daí os do primeiro grupo [os do 'nunca te vimos'] terem dito que "nunca viram o Senhor" passando "necessidades", enquanto os dos segundo grupo disseram que fizeram o que fizeram, "não por causa do Senhor", mas porque não poderiam ter deixado de ser e fazer o que fizeram diante da calamidade humana.

Ora, o que Jesus ensinou é que...

1. Ele demoraria, segundo os padrões humanos de "espera";

2. por causa disso uns se tornariam maus e abusadores dos irmãos;

3. por causa disso uns outros perderiam a alegria e cairiam no "sono" da desesperança;

4. por causa disso outros "se enterrariam" na existência, pela falta de alegria no viver, pela falta de Graça no crer...;

5. por causa disso muitos e muitos perderiam a possibilidade de ver que a única religião de Deus é o amor que serve ao próximo pelo próximo, e não por causa de Deus.

Apenas uma pergunta:

QUEM É VOCÊ NA ESPERA?



Pense nisto!



Caio



Reflexão: Pastor Caio Fábio D'Araújo Filho é psicanalista clínico, escritor, pregador, pastor e dirigente da comunidade Caminho da Graça, em Brasília. Visite o site do pastor Caio Fábio: www.caiofabio.net

OBS: Para comentários nos artigos dos colunistas é necessário cadastrar-se no endereço: http://www.folhagospel.com/register.php.
Este artigo foi lido 1230 vezes.
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.