Colunistas 
HomeColunistasReflexão • Como viver, provar e usufruir a certeza de que em Jesus sou um homem não interrompível?

Reflexão

Como viver, provar e usufruir a certeza de que em Jesus sou um homem não interrompível?

Imprimir artigo Enviar este artigo para um amigo. 
O Caminho de Jesus é uma vereda para o mais profundo do coração do homem. Portanto, não existe nenhum ambiente no qual o Evangelho possa ser provado se não no coração humano.

Além disso, o Evangelho só se manifesta como tal se além de acontecer no coração, ele for vivido e praticado com fé alegre e entregue.

Então ele dá os seus frutos, que são as promessas de vida e paz que Jesus afirmou que aquele que crê experimenta.

O Evangelho não é um pacote de doutrinas, mas um Encontro, do qual surge um novo modo de ser, o qual nasce de uma re-generação do ser; ou seja: de um re-gêneses humano; de um nascer de novo; que significa nascer da e na consciência de que Deus é amor; e, portanto, os que nasceram Dele, vivem para andar em amor que assim se expressa no trato total da vida.

E a grande força que nasce de tal internalização e transformação do olhar e do caráter, é a certeza de nossa não descontinuidade.

Ou seja: vive-se com a certeza que somos entes contínuos, não interrompíveis por nada; pois, para quem assim crê, com a morte da morte, acaba-se a descontinuidade.

Desse modo surge a inabalável confiança no coração de quem nada mais teme, pela certeza de que nada se perde, de que tudo se re-cria, e de que, em amor, tudo se transforma.

Então, para esses... Para esses que conhecem a Deus, basta-lhes a Graça de um dia o haverem conhecido.

Esses servem a Deus por nada.

Para eles tudo já está feito.

Sim, esses são prósperos até quando passam fome.


Caio



Reflexão: Pastor Caio Fábio D'Araújo Filho é psicanalista clínico, escritor, pregador, pastor e dirigente da comunidade Caminho da Graça, em Brasília. Visite o site do pastor Caio Fábio: www.caiofabio.net

OBS: Para comentários nos artigos dos colunistas é necessário cadastrar-se no endereço: http://www.folhagospel.com/register.php.
Este artigo foi lido 1106 vezes.
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.